WK #1 Dança Somática em ambiente de realidade mista

WK #1

Dança Somática em ambiente de realidade mista por Isabel Valverde

8, 10, 29 e 31 de Março, das 18:00 às 20:00, Palácio Ceia, Universidade Aberta, Rua da Escola Politécnica, 147, Lisboa.

Inscrição (clique aqui)

performance_SP_Marco Sibillio_9277497_orig

© Marco Sibillio

Que corporealizações cinestésicas/somáticas subjectivas, inter-subjectivas e colectivas podemos gerar e desenvolver através de interacções físicas e expansões virtuais com e através das nossas imagens, avatares e ambientes híbridos para uma realidade integrada?

A condição absurda de substituição e instrumentalização do corpo humano por personagens virtuais/avatares em videojogos e redes sociais, como o MUVE Second Life®, perpetua o paradigma cartesiano de corte mente-corpo e a sua hierarquia fixa, assim como a estereotipificação do comportamento. Apesar da crescente possibilidade de mobilidade e imersão características das novas plataformas e gadgets, como o vídeo streaming, a Wii Mote da Nitendo®, o Kinect®, e os óculos Rift®, continuamos rendidos a um comportamento Pavloviano restritivo, militarizado e automatizado, privilegiando a máquina como performer da nossa corporealização, acção e comunicação. Confrontando este deserto criativo de participação interactiva corporealizada, propomos dançar com e através de dispositivos e aparatos, inventando modos de interfaciar verdadeiramente amplificadores e estimulantes para os nossos seres complexos.

A abordagem corporealizada à comunicação pelo movimento e cinestesia com participantes físicos e remotos é baseada na experiência física e expandida da interacção/comunicação subjectiva, inter-subjectiva e colectiva através de improvisação de movimento partindo de uma abordagem somática transcultural, incluindo uma ou várias interfaces com avatares e a sua combinação/integração. As situações de improvisação partem de princípios somáticos, incluindo, Body-Mind Centering, Tai Chi, Contacto Improvisação, Butoh e Yoga. Enfatizamos o acordar e aprofundar de sentidos e percepções proprioceptivas/cinestésica em ligação inter-sensorial/sinestésica com a visão, audição e tacto, através da atenção, escuta e empatia em relação à nossa e entre corporealidades, espaços, tempos e energias. Esta experimentação criativa de interacções de movimento híbridas implica uma analise estética crítica das interfaces, aberta a possibilidades alternativas para a performance e ambientes participativos.

As interfaces humano-computador a explorar incluem: vídeo streaming, câmara web-avatar e ambiente virtual (Second Life®), e dispositivo biométrico-som (Arduíno, Processing, Max/MSP). Estas interfaces foram desenvolvidas em colaboração com Todd Cochrane (Nova Zelândia), Artica, Joana Martins (Portugal) e Nick Rothwell/Cassiel (RU) no contexto do projecto Senses Places/Lugares Sentidos – Performance e Ambiente Participativo.

Isabel Valverde (co-fundadora, coordenadora e curadora do projecto Corporealidades Pós-humanas/Danças Somáticas e Tecnológicas)

Isabel Valverde é performer, coreógrafa e investigadora transdisciplinar. Desenvolve criação artística desde 1986, no domínio da performance arte/dança a solo e em colaborações inter e transdisciplinares. Coreógrafa em transversalidade com materiais plásticos (visuais, sonoros, arquitetónicos) e as possibilidades somáticas de intercorporealidade inclusiva em experiências interactivas participativas performativas.

Doutorada em História e Teoria da Dança (UC.Riverside, BD/FCT), mestre em Artes Interdisciplinares (Inter-Arts Center/SFSU, Bolsa Fulbright/IIE), diplomada em Nova Dança (SNDD/AHK, ERASMUS), e licenciada em Dança (FMH/UTL). Realizou dois pós-doutoramentos em Danças e Tecnologias (BPD/FCT/POTCI) coordenando o CAT, Centro para as Artes e Tecnologias/IHSIS, e associada ao VIMMI/INESC-ID/IST. É investigadora associada do GAIPS/INESC-ID/IST e do Polo CIAC-UAb, Centro de Investigação em Artes e Comunicação. Autora da tese/livro Interfaces Dança-Tecnologia: um quadro teórico para a performance no domínio digital (FCG/FCT, 2010), traduzida do inglês. Fundadora e coordenadora das Posthuman Corporealities – Network Festival Symposium e do Festival Danças Híbridas – Contacto Improvisação e Prácticas Somáticas.

Participa e publica em revistas on-line e reuniões científicas internacionais em torno da corporealidade na condição pós-humana. Do trabalho artístico destaca, Depois do Duche Branco (1986), Baixo (com C. Schmidt, 1990), Desígnios do Corpo (1996), Blind Date (com Y. Melanitis, 2002), Fado Dança: que portuguesidade? (2003-presente), Blob Dança (2005-08), Weathering In/Senses Places (com T. Cochrane e outros, 2009-presente), e Dancing with Baxter (2015-) apresentados em festivais e conferências internacionais de renome, incluindo, a Bienal Int. de Arte de Vila Nova de Cerveira, Temps D’Image, DHRA conference, InterAct! Virtual Interactive Art Showcase (Second Life), LUA/Line Up Action, Metaverse Cultural Series, UpStage Festival, Hi-Dance Festival of Dance and Technology. Leccionou na UCDavies, UCRiverside, ESTAL, ULHT, e Instituto Piaget.

http://isabel-valverde.branded.me/

http://sensesplaces.org

Inscrição em Workshop: Dança Somática em ambiente de realidade mista - Isabel Valverde

Campos marcados com * são obrigatórios

Workshop integrado no programa Danças Somáticas e Tecnológicas #2

 

Inscrição: 10€/pessoa por sessão.

A sua inscrição só será validada após a receção do pagamento.

Caso o número de participantes exceda a capacidade da sala, será dada prioridade por ordem de inscrição no site, e posteriormente por ordem de chegada ao local.

O pagamento poderá ser efetuado no dia da sessão, 30 minutos antes do seu início.

 

2 thoughts on “WK #1 Dança Somática em ambiente de realidade mista

Os comentários estão fechados.